Chapeu

Cursos

1Onda

Ministra Tereza Cristina participa de reunião com proprietários rurais na Copasul

Data: 13/01/2022 09:27

Autor: Assessoria

A ministra Tereza Cristina visita nesta quinta-feira (13) propriedades afetadas pela estiagem da região de Mato Grosso do Sul. Ela esta desde ontem percorrendo áreas afetadas pelo clima. Na quarta esteve na região de Santo Ângelo (RS) e Chapecó (SC) e hoje percorre Cascavel (PR) e Ponta Porã (MS).

A titular do ministério vai se reunir com lideranças da produção rural, além dos prefeitos da região. Na agenda, está previsto o encontro às 16h30, na Cooperativa Agrícola Sul Mato-Grossense (Copasul), em Naviraí.

A comitiva conta com secretários do ministério, diretores do Banco do Brasil e do Banco Central, além do presidente da Conab (Companhia Nacional de Abastecimento), Guilherme Ribeiro; e do presidente da Embrapa (Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária), Celso Moretti.

Na última semana, o governador Reinaldo Azambuja decretou situação de emergência nas 79 cidades de Mato Grosso do Sul, devido a seca e a estiagem, por um prazo de 180 dias. O documento foi publicado na última terça-feira (04), no Diário Oficial do Estado. A intenção é contribuir com o setor produtivo, que já começou a sentir os prejuízos devido esta situação no Estado.

A situação de emergência pelo prazo de 180 dias autoriza a Administração Direta e as entidades (indiretas) do Poder Executivo a destinar recursos humanos, financeiros e materiais, assim como veículos e equipamentos para auxílios em abastecimento de água para consumo humano e aos animais.

O decreto ainda autoriza a mobilização de todos os órgãos estaduais para atuarem sob a coordenação da Defesa Civil, nas ações para conter este cenário de seca. Também se concede aval para convocar voluntários para reforçar as ações de resposta aos desastres, assim como promover campanhas de arrecadação de recursos.

Segundo o ministério, levantamento preliminar da pasta junto às instituições financeiras revela "cobertura significativa" de mitigadores de risco para médios e pequenos produtores de soja e milho nos Estados afetados pela seca.

A pasta destacou também que os produtores do Programa Nacional de Fortalecimento da Agricultura Familiar (Pronaf) têm financiamento de custeio com 100% de contratação de Programa de Garantia da Atividade Agropecuária (Proagro) ou seguro rural. Médios produtores tiveram de 79% a 95% das operações de crédito rural com cobertura de seguro ou Proagro, conforme a pasta.

Fonte: Enfoque MS

logo

© Sistema OCB/MS 2022. Todos os direitos reservados

localizacao

Av. Ceará, 2245 - Vila Célia
Campo Grande/MS